Termo

Tibetano:

བི་ཀྲ་མ་ལ་ཤི་ལ་ , རྣམ་གནོན་ངང་ཚུལ་

bi kra ma la shi la , rnam gnon ngang tshul

Sânscrito:

vikramaśīla

Português:

Vikramaśīla

Nome de uma grande universidade monástica fundada a leste de Nalanda e Odantapuri no Séc. VIII pelo rei Dharmapāla sobre as diretrizes de Haribhadra. Localizada na margem direita do Ganges, no norte do Magadha, e constituída por um templo principal no centro de um enorme quadrilátero com 208 salas, a universidade tornou-se, em poucas décadas, o maior centro de estudos budistas da Índia, chegando mesmo a eclipsar o Nālandā. Os seus paṇḍitas tinham sido formados em Nalanda e o abade responsável tinha de cuidar de ambos os centros ao mesmo tempo. Vikramaśīla era um mosteiro onde se aprendia a Prajñāpāramitā com grandes mestres como Haribhadra e mais tarde Atīśa, e era também um grande centro de ensino do Vajrayāna, com Buddhajñāna – detentor do Guhyasamājatantra – Ratnavajra, Jñānaśrīmitra, Buddhaguhya e Nāropa, estes dois últimos e Atīśa transmitiram então a sua linhagem aos seus discípulos tibetanos. A universidade foi destruída pelos exércitos muçulmanos no final do século XII. [Cornu, 2001]

Inglês:

Vikramaśīla

Espanhol:

Francês:

Italiano:

Vikramaśīla