Termo

Tibetano:

སྐུ་

sku

corpo (honorifico)

Sânscrito:

काय

kāya

corpo

Português:

kāya, corpo, forma, personificação

De acordo com os ensinamentos Mahāyāna, a realidade transcendente da budeidade perfeita é descrita em termos de dois, três, quatro, ou cinco kāyas ou 'corpos'. Quando descrita em dois kāyas, este são o dharmakāya, ou 'corpo absoluto', e o rūpakāya, ou 'corpo formal'. Quando descrita em três kāyas refere-se ao dharmakāya mais os dois aspetos do 'corpo formal': o sambhogakāya ou 'corpo de fruição perfeita', e o nirmāṇakāya ou 'corpo de manifestação'. Por quatro kāyas, entendemos os três kāyas anteriores, mais o svābhāvikakāya ou 'corpo essencial', isto é, inseparabilidade dos três primeiros. Os cinco kāyas são os três kāyas mais o vajrakāya ou o 'corpo imutável' ou 'adamantino', e o abhisambodhikāya ou o 'corpo da iluminação manifesta', os cinco aspetos da budeidade: o aspeto absoluto ou vacuidade (dharmakāya); clareza luminosa espontânea (sambhogakāya); compaixão (nirmaṇakāya); indestrutibilidade (vajrakāya); e qualidades iluminadas (abhisambodhikāya).

De acordo com os ensinamentos do Mahāyāna, a realidade transcendente do budismo perfeito é descrita em termos de dois, três, quatro ou cinco kāyas, ou corpos. No primeiro caso, os dois corpos, são o dharmakāya, o corpo absoluto e o rūpakāya, o corpo formal. O dharmakāya é o aspecto absoluto, "vazio", do budismo e é perceptível apenas para os seres desse nível. O rūpakāya é subdividido (dando assim origem a três corpos) no sambhogakāya, o corpo da fruição perfeita, e o nirmāṇakāya, o corpo da manifestação. O sambhogakāya, ou o aspecto de clareza luminosa espontânea do buda, é perceptível apenas a seres altamente realizados. O nirmāṇakāya, o aspecto compassivo, é perceptível para os seres comuns e aparece normalmente no mundo, embora não necessariamente, na forma humana. O sistema de quatro corpos consiste nos três que acabamos de descrever juntamente com o svābhāvikakāya, ou corpo essencial, que se refere à união dos três anteriores. Quando cinco corpos são mencionados, isto significa os três primeiros kāyas juntamente com o corpo imutável ou adamantino (ou Vajra) (o aspecto indestrutível do budismo) e o corpo da iluminação manifesta (o aspecto das qualidades iluminadas). [IMW 2004]

Inglês:

kāya, body

Espanhol:

kāya, cuerpo.

Francês:

Italiano:

kāya