Termo

Tibetano:

ཧ་ཤང་

ha shang

Sânscrito:

Português:

Hashang, Heshang

Hashang, também conhecido como Hva-shang, ou Heshang, foi um mestre chinês que foi derrotado por Kamalaśīla em um grande debate em Samyé. Ele era adepto da meditação Ch’an, porém dentro de uma vertente extremamente niilista. Ele pregava que a meditação consiste em não se fazer absolutamente nada, ter a mente completamente imóvel, e que isso levaria a uma “iluminação instantânea”, sem a necessidade de praticar qualquer outra coisa, nem mesmo as seis pāramitās. Ao longo dos séculos, é muito frequente verificarmos eruditos tibetanos fazerem referências a Hashang, e acusarem uns aos outros de aderir ao sistema proposto pelo mestre chinês. É dito também que muitas vezes estes estudiosos atribuem esta “tendência niilista” dentre os mestres tibetanos à interdependência criada por Hashang, quando, antes de retornar à China após a sua derrota, ele deixou os seus sapatos no Tibete.

Inglês:

Espanhol:

Francês:

Italiano: