Termo

Tibetano:

བརྒྱ་བྱིན་ , དབང་པོ་

brgya byin , dbang po

cem dádivas/propiciações , poderoso

Sânscrito:

Śakra , Indra

Português:

Indra, Śakra

Mais conhecido no Ocidente como Indra, a divindade que é chamada de "senhor dos devas" e que habita no cume do Monte Sumeru. A tradução tibetana é baseada na etimologia de śakra que se trata de uma abreviação de śata-kratu, "aquele que já realizou cem sacrifícios ou propiciações". Nos textos budistas, Śakra é o nome habitual de Indra, rei dos deuses do reino do desejo (kāmadhātu) de um determinado universo e o rei do reino celeste dos Trinta e Três, é considerado como discípulo do Buda e protetor do Dharma e seus praticantes. [84000]

Um deus poderoso que é o monarca de um reino celeste no chamado “mundo do desejo”. Indra é considerado como um dos protetores dos ensinamentos budistas. [STLX]

Inglês:

Indra

Espanhol:

Indra, Śakra

Francês:

Italiano: