Termo

Tibetano:

ཚོགས་ཀྱི་འཁོར་ལོ་ , ཚོགས་

tshogs kyi 'khor lo, tshogs

círculo da congregação, congregação, assembleia

Sânscrito:

गणचक्र

gaṇacakra

círculo da congregação

Português:

gaṇacakra [o], tsok [o], "oferenda de festim", oferenda da congregação

Uma oferenda de festim ou banquete que pressupõe a reunião de praticantes e deidades, (conhecida também pelo nome tibetano de “tsok”) executada no âmbito de uma sādhana. Esta prática pertence ao budismo tântrico, como tal pressupõe a perceção pura e não dualista das oferendas e dos participantes. No decorrer desta cerimónia, para ajudar os participantes a transcender a perceção impura, os alimentos e bebidas a oferecer são abençoados e considerados como sendo néctar de sabedoria, que é então oferecido às deidades da maṇḍala da sādhana, quer ao nível externo como interno.

O termo "gaṇacakra" ou "tsok" é frequentemente traduzido como "festim" ou "oferenda de festim", porém traduzi-los como "congregação", "oferenda da congregação" ou algo semelhante, fosse talvez mais adequado ao significado dos termos e da prática; a qual é assim chamada devido à "congregação" ou "reunião" dos vários tipos de deidades e praticantes, e também devido à "reunião" ou "acumulação" de mérito e de sabedoria, efetuadas durante a prática. Como tal, podemos constatar que originalmente o nome desta prática ou cerimónia não menciona o aspeto de "festim" ou "banquete" que meramente advém da habitual abundância de substâncias de oferenda. Como tal, habitualmente recorremos ao termo sânscrito ou tibetano nas nossas traduções.

Para os restantes significados da palavra "tshogs", ver o respetivo termo.

Inglês:

tsok, gaṇacakra, feast offering

Espanhol:

tsok, gaṇacakra, "festín de ofrendas", congregación

Francês:

Italiano:

Festino sacro