Termo

Tibetano:

ང་ལས་ནུ་

nga las nu

Sânscrito:

māndhātṛ , māndhāta

Português:

Māndhāta

Um cakravartin (monarca universal), cuja história é contada nos Jātakas (Māndhāta-Jātaka, n. 258), tendo sido uma das vidas anteriores do Buda. Segundo a história, ele tinha tanto mérito que tudo o que deseja se realizava, ao ponto de ter ambicionado sentar-se no trono de Indra, rei dos deuses. Indra acedeu à sua vontade e partilhou o trono com Māndhāta, até que este, devido à sua insaciável ambição pretendeu o todo o trono para si. Após esse pensamento, perdeu os seus poderes e caiu de novo na terra, padecendo de uma doença fatal. A sua história é contada com frequência como exemplo da falta de contentamento, e do facto de a ambição e o desejo serem insaciáveis.

Inglês:

Māndhātṛi

Espanhol:

Māndhāta

Francês:

Italiano:

Māndhātṛ