Termo

Tibetano:

མཁའ་འགྲོ་

mkhan' ' gro

move-se pelo espaço

Sânscrito:

डाक

ḍāka

Português:

ḍāka

Nome dado nos tantras aos bo­dhi­sat­tvas masculinos e aos equivalentes masculinos das ḍākinīs. Porém, na Índia — como podemos constatar através dos sūtras — este mesmo nome era também utilizado para entidades masculinas não necessariamente benévolas.

É frequente, nos textos da tradição tibetana, o termo "mkhan' ' gro" ser uma contração de "mkhan' ' gro ma", referindo-se ao aspeto feminino; dado que para o contraponto masculino é mencionado através do termo "dpa' bo", que significa lit. "corajoso ou herói", (porém o verdadeiro equivalente em sânscrito é: vira e não ḍāka).

Inglês:

ḍāka

Espanhol:

ḍāka

Francês:

Italiano:

ḍāka