Termo

Tibetano:

དབུ་མའི་ལམ , དབུ་མ

dbu ma'i lam , dbu ma

caminho do meio

 Atenção: provisório – em revisão 

Sânscrito:

मध्यमक, मध्यमप्रतिपद्, मध्यम प्रतिपत्/प्रतिपत्तिः

madhyamaka, madhyama-pratipad, madhyama pratipat/pratipattiḥ

o meio, parte central

Português:

Madhyamaka (a), Escola do Caminho/via do Meio

A filosofia do Caminho do Meio que se foca sobre a noção de śūnyatā, a vacuidade, ao mesmo tempo em que evita posições ontológicas extremas relativas à existência e à não-existência. Foi proposta pela primeira vez pelo mestre indiano Nāgārjuna na segunda metade do século II, e até aos dias de hoje é considerada como uma visão filosófica suprema por budistas de diversas tradições.

Quanto à grafia correta em sânscrito, existem diversas teorias e, até ao momento, as nossas pesquisas indicam que Madhyamaka é a grafia preferencial para a escola ou filosofia, e mādhyamika, será o nome dos proponentes dessa escola. Esta formulação está em linha com Edgerton, BHSD (no entanto, Monier-Williams indica Mādhyamika como sendo o nome da escola.)

Inglês:

middle way, madhyamaka, madhyamika

Espanhol:

Madhyamaka, Camino Medio, Escuela del Camino Medio

Francês:

madhyamika*, Voie du Milieu, Tenant de la Voie médiane*, Voie médiane

Italiano:

Via mediana