Termo

Tibetano:

འཇིག་ཚོགས་ལ་ལྟ་བ་

'jig tshogs la lta ba

 Atenção: provisório – em revisão 

Sânscrito:

satkāyadṛṣti

Português:

visão do conjunto transitório, crença num corpo real

Em sânscrito, "visão [erradamente] de uma pessoa real", "visão de um corpo existente"; a visão errada de que os componentes impermanentes do corpo (KĀYA) são de facto reais (sat). Esta visão errada está relacionada com as concepções erróneas de "eu" e "meu". É classificada como um tipo de visão errónea, ou seja, uma crença errada num eu em relação com os cinco agregados (SKANDHA). Nos principais ensinamentos budistas, satkāyadṛṣti é listado como o primeiro de dez grilhões que mantêm os seres ligados ao ciclo de renascimento e como o sexto das dez aflições fundamentais (MŪLAKLEŚA). Os ensinamentos em Pāli definem quatro tipos de satkāyadṛṣti para cada um dos cinco agregados (pl. khandha, sct. SKANDHA), formando um total de vinte variedades no total. Os quatro tipos são: (1) a crença de que o eu é o mesmo que os agregados; ou seja o mesmo que a materialidade (RŪPA), sensações (VEDANĀ), percepção (SAṂJÑĀ), factores condicionantes (SA ṂSKĀRA), e consciência (VIJÑĀNA); (2) a crença de que o eu está contido nos agregados, (3) a crença de que o eu é diferente dos agregados, e (4) a crença de que o eu é o dono dos agregados. Satkāyadṛṣti é permanentemente erradicado ao atingir o estado de alguém que "entrou na corrente" (SROTAĀPANNA), o primeiro de quatro graus de realização (ver ĀRYAPUDGALA). [PDB]

Inglês:

transitory composite (view of)

Espanhol:

Francês:

croyance à la réalité de l'individu*, vue d'un ensemble en désagrégation*, vue d'un ensemble (collection) transitoire (destructible).*

Italiano: